Atitudes que edificam a igreja

1 August 2018

No Reino, Deus nos surpreende constantemente, sem importar quão grande é nossa fé. Se nós temos um coração fiel e descansamos nEle, poderemos entender algumas atitudes que podem nos levar a um caminho de constantes bênçãos.

Mateus 25:23 nos fala em ser fiéis com o que temos em nossas mãos. Tendemos a pensar no amanhã e no que haverá em nossas mãos, sem entender que o que fazemos com as oportunidades do presente é o que nos permitirá entrar na visão que Deus tem para nosso futuro.

Nenhuma oportunidade é maior que a outra. Devemos utilizar o que temos na mão para alcançar o que temos no coração. Seu dom não te promove, as chaves do nosso futuro se encontram na fidelidade e o reino de Deus requer fidelidade em todo momento.

Em Colossenses 3:17 diz: “Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus…” Tudo o que fizerem, o que seja, se é para construir Sua igreja, que seja em Seu nome.

Muitas vezes, fazemos coisas específicas ou públicas em nome do Senhor porque pensamos que essas coisas têm mais valor, mas falhamos em fazer TODAS as coisas em Seu nome. O servir a Deus não se trata de ter uma posição pública; é estar comprometido, com o coração correto para fazer o que seja para avançar Seu Reino.

Edificamos a igreja ao sermos fiéis com o que temos em nossas mãos e ao fazer o que quer que façamos em nome do Senhor. Mas para edificar Sua igreja também é necessária uma atitude flexível.

Bem-aventurados os flexíveis! Estejamos predispostos à mudança. Não vamos limitar o que Deus quer fazer conosco. Como cristãos, a mudança deve ser constante em nossas vidas, e sem flexibilidade não é possível aceitar as mudanças.

No Reino, nossas equipes, liderança e estruturas vão experimentar mudanças. Ser flexível nos permitirá nos adaptar e entrar no que Deus tem para nós. Onde há mudança, há progresso.

A igreja também é edificada quando vivemos livres de comparação. A comparação não é saudável, ela rouba sua identidade e seu propósito. Deus nos designou um caminho a seguir, e é por esse caminho que operamos na graça que Deus nos tem dado. Vamos deixar de olhar as oportunidades dos demais e entender que nenhuma igreja é concorrência. O que o inimigo está fazendo na cidade e no mundo é aquilo contra o que estamos concorrendo.

Seu olhar está completamente fixo em Deus? Seus desejos de ir ao próximo nível são produto de comparação? Para edificar a igreja saudável necessitamos de um coração livre de comparação.

Se nós estamos firmes no propósito que Deus nos deu, entenderemos que tudo tem o seu tempo. Se nós entendemos esse princípio, como igreja, nunca vamos permitir que a pressão de pessoas acelere nossa tomada de decisões. Tudo tem seu tempo em nossas vidas e tudo tem seu momento oportuno. Nós precisamos ser responsáveis com o que temos em nossas mãos como igreja e analisar se estamos prontos para dar o próximo passo.

E, por último, se nosso coração busca edificar a igreja, nós entenderemos que o que fazemos é um privilégio e não um direito. Servir a Deus é um privilégio! No Reino de Deus, não deve haver pessoas inacessíveis, mas sim pessoas genuinamente humildes.

Na igreja, não deveriam existir posições. Servir em qualquer aspecto sempre é e sempre será um privilégio. Seu coração está ansioso pelo que Deus pode fazer? Ou está focando nas suas próprias forças e méritos? Vamos construir uma igreja na América Latina que faça tudo em Seu nome e para Sua glória!