Plantados na casa do Senhor

1 October 2018

Quando me perguntam sobre uma igreja saudável, não consigo evitar fazer uma referência ao que a palavra nos diz em Salmos 92:12-14. Se quisermos florescer na nossa liderança, Deus nos chama a estar plantados em Sua casa. É importante entender que a igreja não é um lugar para visitarmos, mas sim um lugar ao qual pertencemos.

A igreja é uma família que adora e cresce junta. Como líderes, é nossa responsabilidade a criação de um ambiente correto onde as pessoas possam estar plantadas e florescer. Se nos focamos em cultivar uma igreja saudável, o crescimento acontecerá sozinho. As pessoas que entendem qual é o seu lugar adotam a visão da casa e carregam o peso.

Uma igreja saudável se cultiva com um coração saudável. Como líderes, nós somos e determinamos a cultura da igreja. Aquilo que for constante e real em nossas vidas será uma realidade em nosso ambiente também. É nossa responsabilidade sempre buscar a excelência e desenvolver mentalidades dispostas a serem desafiadas.

É importante cuidarmos do nosso coração reconhecendo as coisas que podem contaminá-lo. A falta de perdão sobre uma situação ou uma atitude traz amargura para a nossa vida e contamina nosso ambiente. Devemos ter autoridade sobre aquilo que está nos afetando e não nos envolvermos com ideias incorretas, pois elas limitarão nosso crescimento.

A Bíblia nos diz que sempre há mais da parte de Deus para nossas vidas. Você está confortável com o que você vê hoje na sua igreja ou você se sente desafiado porque sabe que há mais da parte de Deus?

Sabendo que há mais para nossas vidas, Deus nos chama para sonhar grande. Ser alguém ambicioso não é sempre errado. Quando as suas ambições estão alinhadas com uma causa maior que a sua vida, essas são ambições corretas. Não é sobre nós, mas sim sobre o que Deus está fazendo em nosso meio.

Deus está transformando vidas constantemente. Nosso chamado não é colocar regras para as pessoas e dizer-lhes o que devem ou não fazer. Nós fomos chamados para aproximá-los do amor de Deus. O julgamento, sem importar as circunstâncias, limita o poder de Deus e envenena nosso coração. Vamos edificar uma casa com um espírito de graça e não com um espírito de julgamento. Deus nos chamou para amar as pessoas.

Vamos edificar igrejas saudáveis onde as pessoas possam estar plantadas, florescer e desenvolver o potencial e o propósito que Deus tem para as suas vidas.

Há muito mais para a Igreja na América Latina.