Revertendo Tendências

4 December 2018

Alguma vez você já parou para pensar em como você vê Deus? Ao longo da minha vida, eu aprendi que a forma como vemos Deus determina até onde cremos nEle.

Porque eu sei os planos que tenho para vocês, diz o Senhor. São planos de bem, e não de mal, para lhes dar o futuro pelo qual anseiam.

(Jeremias 29:11 NVT)

Todos enfrentamos desafios na vida, mas, apesar de não sabermos o que acontecerá amanhã, podemos descansar na verdade de que os planos de Deus são para o bem e não para o mal.

Às vezes, quando nós enfrentamos uma crise, é fácil nos rendermos. Este versículo, ao qual fiz referência, faz parte de um capítulo em que o profeta Jeremias, dando ânimo ao povo de Israel durante o exílio, pediu-lhes para construir, fazer planos para permanecer, estarem plantados, se casarem, se multiplicarem e não diminuírem, ainda que fossem tempos difíceis.

A tendência humana durante uma crise é desistir, perder as esperanças por um amanhã melhor, se dar por vencido e culpar outros pela situação. Como líderes, não podemos esquecer que, ainda que não possamos ver, Deus sempre está trabalhando. É em um momento de crise que temos uma oportunidade como igreja para brilhar. Fomos chamados para reverter tendências, nadar contra a maré e demonstrar algo diferente.

Como líder, ao invés de derrubar, eu decido construir

Construam casas e estabeleçam-se nelas. Plantem pomares e comam os frutos que eles produzirem.

(Jeremias 29:5 NVT)

Quem quer construir no meio de uma crise? Não muitos. A maioria diria que é uma falta de sabedoria, que não seria o momento oportuno e certo para construir em meio à incerteza de não saber o que acontecerá amanhã. Mas Deus disse a Israel que construísse na Babilônia, ali onde estavam, em meio à opressão que eles estavam enfrentando.

Ao final do dia, é isso o que somos: construtores, edificadores. Estamos edificando uma igreja para construir uma nação. Estamos edificando uma igreja para edificar sua vida, seu casamento. Nós somos construtores e, quando construímos, agregamos valor.

Como filhos de Deus, nós temos que escolher construir e não derrubar. Construir com nossas palavras, com nossas ações, com nossa fé, com nossa mentalidade, construir com nossos corações, porque fomos colocados aqui por Deus para agregar valor.

Quero desafiar você a ir para seu trabalho, seu escritório, ao local em que você se desenvolve, com esse pensamento: “Eu estou aqui para agregar valor. As pessoas que terão contato comigo se sentirão animadas, amadas, com esperança, porque estou aqui para construir algo diferente”.

Ao invés de estagnar, eu escolho ser frutífero

Casem-se e tenham filhos. Encontrem esposas para seus filhos e maridos para suas filhas, a fim de que vocês tenham muitos netos. Multipliquem-se! Não diminuam!

(Jeremias 29:6 NVT)

Independente do contexto, ser frutífero é uma decisão. Não deixarei que as condições me limitem, não deixarei de crer, não deixarei de dar passos de fé, não deixarei de amar, não deixarei de incentivar, não deixarei de abraçar, de comunicar esperança, de sorrir, não deixarei de ter uma mentalidade positiva, porque eu decido viver não com uma mentalidade de vítima, mas sim com uma mentalidade de reino. E quando você decide dessa forma, sua vida sempre dará frutos. Esse é o propósito de Deus para nós, pois tudo o que Ele criou foi com o propósito de ser frutífero.

Ao invés de ser parte do problema, eu decido ser parte da solução

O versículo 7 de Jeremias 29 nos diz:

Trabalhem pela paz e pela prosperidade da cidade para a qual os deportei. Orem por ela ao Senhor, pois a prosperidade de vocês depende da prosperidade dela.

Se nós vamos reverter tendências, temos que decidir ser parte da solução como filhos de Deus. É muito mais fácil ser parte do problema, mas temos que decidir estabelecer um limite e dar um passo para o lado que é parte da solução, e não nos alinharmos com aqueles que ficam do lado dos problemas.

Não vamos fazer parte do grupo negativo em nossas cidades que critica, que fala de desespero e morte, ao invés de vida. Nós somos aqueles que representam o reino de Deus nessa Terra. Meu amigo, você é parte da solução no seu escritório, na sua família. Jovem, você é parte da solução em sua escola, em sua faculdade. Essa é a nossa tarefa. Eu quero incentivá-lo e desafiá-lo a usar suas redes sociais como uma plataforma que Deus te deu para comunicar vida e esperança, e ser parte da solução, e não do problema.

Como igreja, nós temos a resposta para a necessidade desse mundo, e seu nome é Cristo Jesus, Rei dos reis, Senhor dos senhores.

Dessa forma, eu incentivo você a tomar essa decisão comigo: ao invés de odiar, eu decido amar; ao invés de criticar, eu decido incentivar; ao invés de desistir, eu decido perseverar; ao invés de desvalorizar as pessoas, eu decido valorizá-las; ao invés de me ofender, eu decido perdoar; ao invés de duvidar a todo momento, eu decido crer; ao invés de não fazer nada, eu decido fazer algo; ao invés de derrubar, eu decido construir; ao invés de estagnar, eu decido ser frutífero todos os dias da minha vida, porque o bem e a misericórdia me seguirão. E em vez de ser parte do problema, eu decido ser parte da solução, porque Deus me chamou e chamou você para ser parte da solução para essa nação.