Dia 21 - Uma casa generosa

Nov 7 2020

“Ouvindo o que havia ocorrido, Jesus retirou-se de barco em particular para um lugar deserto. As multidões, ao ouvirem falar disso, saíram das cidades e o seguiram a pé.
Quando Jesus saiu do barco e viu tão grande multidão, teve compaixão deles e curou os seus doentes.
Ao cair da tarde, os discípulos aproximaram-se dele e disseram: “Este é um lugar deserto, e já está ficando tarde. Manda embora a multidão para que possam ir aos povoados comprar comida”.
Respondeu Jesus: “Eles não precisam ir. Dêem-lhes vocês algo para comer”.
Eles lhe disseram: “Tudo o que temos aqui são cinco pães e dois peixes”.
“Tragam-nos aqui para mim”, disse ele.
E ordenou que a multidão se assentasse na grama. Tomando os cinco pães e os dois peixes e, olhando para o céu, deu graças e partiu os pães. Em seguida, deu-os aos discípulos, e estes à multidão.
Todos comeram e ficaram satisfeitos, e os discípulos recolheram doze cestos cheios de pedaços que sobraram.
Os que comeram foram cerca de cinco mil homens, sem contar mulheres e crianças.

Mateus 14:13-21

Na história de hoje, vemos que uma multidão se aglomerava ao longo do dia para ouvir os ensinamentos de Jesus. À noite, os discípulos recomendaram a Jesus que Ele começasse a dispersar a multidão, pois não tinham comida para lhes dar. Mas ao ouvir isso, Jesus se recusou e lhes disse que eles mesmos deveriam alimentar a multidão.

Os discípulos, neste momento, fizeram o que muitos de nós geralmente fazem diante de um desafio e responderam com uma desculpa: “Não podemos”.

Quantos de nós já pronunciaram essas palavras? “Eu não tenho muito”, “Eu não posso”, “Eu não sou capaz”, “A necessidade é muito grande…”

Os discípulos tinham cinco pães e dois peixes, então os entregaram a Jesus. Ao colocá-los em Suas mãos, Ele os abençoou e multiplicou. Depois, Ele instruiu os discípulos a alimentar a multidão.

Deus sempre quer nos envolver no que Ele está fazendo, e o mais incrível nisso é que Ele, a quem servimos, é mais do que suficiente. Quando trazemos o que temos em nossas mãos e colocamos nas mãos d’Ele, Jesus multiplica, assim como o nosso alcance e o nosso impacto.

Pode ser que hoje você pense que não pode fazer a diferença, que você tem pouco em suas mãos. Mas a generosidade nunca foi sobre uma quantidade, e sim sobre o sacrifício que cada um de nós faz para ver o Reino de Deus expandir. Eu te encorajo a encher seu coração de fé e a trazer seus pães e seus peixes para as mãos de Jesus nesta estação. Ele pode fazer muito mais do que nós.

Juntos podemos fazer a diferença, juntos podemos ser uma resposta onde há necessidade. Você tem muito a dar, mas quando você se conecta com alguém que tem um Coração pela Casa, você tem muito mais. Eu te encorajo a ter fé de que Deus colocará algo EXTRA no nosso NORMAL. Temos um Coração pela Casa porque Deus tem um Coração pela Casa!