CLOSE
FIND A HILLSONG CHURCH NEAR YOU
GO
It looks like location services are turned off. Enable location services in your settings to use your current location, or type your address in the search bar.
Back to search
List view
Map
NEW VENUE
Gathering Online
Service Times and Information
Free Parking
Close To Public Transport
Wheelchair Accessible
Parents Room
VISIT CAMPUS WEBSITE

SELF-IMAGE: Como encontrar o equilíbrio entre a obsessão e o desinteresse com ela

Nov 11 2020

Pensamos na nossa imagem e no nosso corpo e parece muito difícil encontrar harmonia na maneira de lidar com isso. Ou vivemos obcecadas com a busca da perfeição, ou isso nos causa um desinteresse de tal nível que não buscamos a nossa melhor versão.

E quando falo da “nossa melhor versão”, falo daquela que nos devemos preocupar ao ponto de honrar a nossa saúde, mas também de não nos obcecarmos com um padrão e causarmos feridas e traumas em nós mesmas relacionados com a beleza.

 

Como fazer isso? Trazemos aqui algumas dicas para trazeres Deus ao teu relacionamento com a tua imagem e corpo:

  • Entender que a nossa relação com o nosso corpo não precisa estar a causar feridas na nossa alma. “A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme o Senhor será elogiada- Provérbios 31:30“- a nossa tarefa diária de seguirmos a Jesus e nos melhorarmos a nós mesmas não tem a ver com o externo e com a mudança que vem da comparação. Deus está preocupado com o nosso coração, e se a busca pela imagem “perfeita” nos está a trazer amargura na alma, Ele quer curar isso em nós e ajudar-nos a superar essas feridas. Não é a nossa mudança externa que deixa o nosso Pai orgulhoso, mas sim a superação no nosso interior. 
  • Perceber de onde as inseguranças que sentimos estão a vir: é algo que nos afeta diretamente ou que incomoda apenas os outros? A perceção humana e pensamento comparativo tende sempre a procurar o que há nos outros que falta em nós, ao invés de olhar para nós mesmos e procurar resolver os problemas que realmente afetam a nossa saúde, seja física ou mental. A obsessão por um tipo de corpo específico e padronizado pode ser muito venenosa para nós. Porque a verdade é que Deus criou corpos e belezas muito singulares, e batalhar sempre pra alcançar um biótipo que nunca vai ser o nosso, e é o oposto de honrar o que Ele já nos deu. Vamos realmente tentar mudar aquilo que nos incomoda e pode ser mudado e melhorado, e não aquilo que os outros acham que ficaria mais bonito em nós e na verdade não nos pode pertencer!
  • Procurar viver com saúde para suportar o nosso propósito: Acreditamos que o nosso corpo nos foi dado para ser bonito e agradar esteticamente, mas esquecemo-nos que fomos criados para ser funcionais! Para enfrentarmos as tarefas do dia-a-dia e para, através dele, cumprimos o propósito de Deus para as nossas vidas e sermos templo do Seu Espírito! O “Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura” é possível se aceitarmos estar saudáveis no corpo, na mente e no espírito. 

 

Portanto, buscar saúde na alimentação, no exercício, numa boa rotina com bons hábitos físicos e espirituais é super importante!

See you next time,

Maria Monteiro 💜