VISÃO

Declaração de Missão

Alcançar e influenciar o mundo, construindo uma grande igreja centrada em Cristo, baseada na Bíblia, mudando mentalidades e capacitando pessoas para liderar e trazer impacto em todas esferas da vida!

A Igreja Que Eu Agora Vejo

A igreja que eu vejo é uma igreja global. Eu vejo uma familia global: Uma casa com muitas divisões onde se vai pondo em prática uma visão unificada. Eu vejo uma igreja Apostólica no seu chamado, e visionária por natureza; comprometida em ousadamente gerar impacto em milhões de pessoas para Cristo em cidades e nações significantes à volta da terra com a maior de todas as causas – a causa do nosso Senhor Jesus Cristo.

Eu vejo uma igreja paladina pela causa da igreja local onde quer que se encontrem; encorajando-os a ser tudo o que Deus os chamou para ser. Uma igreja que se recusa a contentar-se com os triunfos do passado, mas que está constantemente a olhar para o futuro – cheia de visão que inspira e influencia muitos.

Posicionada no coração da cultura em grandes e diversificados centros urbanos, eu vejo edifícios que se esforçam por dar vazão ao crescimento da obra de Deus; ocupando terrenos e localizações que são miraculosos em provisão e impossíveis de ignorar.

Eu vejo uma igreja que é suficientemente grande para se permitir sonhar a uma escala mundial, contudo é suficientemente pessoal para que qualquer UM encontre o seu lugar. Eu vejo uma igreja que convida a todo homem, mulher e criança que chegue: – “BEM VINDO A CASA!”

A igreja que eu vejo é uma igreja adoradora cujas canções refletem tamanha paixão por Cristo que causa que outros se apercebam da Sua magnificência e poder. Um som distinto e particular que emana de uma igreja saudável, contagiante em espirito – criando música que ressoa das aldeias e tribos até às grandes cidades e nações.

Eu vejo uma igreja continuamente inovadora: Uma igreja que lidera na comunicação de uma mensagem intemporal através da multimedia, filme e tecnologia. Uma igreja com uma mensagem transmitida a pessoas à volta do globo através dos seus écrans de televisão, levando JESUS, seja às suas casas, palácios ou prisões.

Eu vejo uma igreja com uma faculdade reconhecida mundialmente que levanta, equipa e capacita gerações de lideres jovens e ungidos de todas as partes do mundo. Graduados que servem a Deus em qualquer trajeto de vida,

libertados para salgarem a terra com ministérios e igrejas dinâmicas ao longo de todos os continentes do mundo.

Eu vejo uma igreja gracejada com camadas de lideres do tipo que aparecem “um por geração” – que são naturalmente dotados, espiritualmente potentes e genuinamente humildes. Lideres que pagam o preço e contam o custo de provocar impacto em cidades e nações com fantásticas igrejas que glorificam a Deus.

Eu vejo uma igreja cuja liderança é una no seu compromisso em garantir a autenticidade, credibilidade e qualidade do seu coração. Lideres que ousam ser eles próprios, mantendo-se contudo seguros no reconhecimento que “são parte de algo maior do que o papel que representam”.

Eu vejo uma igreja de compromisso com uma REDE inovadora que liga centenas de milhares de pastores e líderes e equipa-os para florescerem. Uma rede comprometida em servir a unção apostólica de lideres que são desesperadamente desejosos por ver a Igreja de Jesus Cristo levantar-se para viver a vida que nela reside mas ainda não é vivida… a Sua Igreja gloriosa.

Eu vejo igrejas de espirito semelhante ao nosso, em cidades influentes que exemplificam fidelidade manifestada em pedra e cal. Igrejas de provisão sobrenatural em edifícios e propriedades firmes como faróis de luz que trazem glória a Deus e esperança à humanidade.

Eu vejo uma igreja que Ama a Deus, Ama as pessoas e Ama a vida. Jovem em espirito, de coração generoso e plena de fé na sua confissão; Amável por natureza e inclusiva em expressão.

Sim, a igreja que eu vejo é comprometida em trazer o amor e a esperança de Cristo a situações impossíveis através da pregação do Evangelho e do mandato que nos impele a fazer o que pudermos para trazer ajuda e solução a um mundo necessitado. Uma igreja cuja cabeça é Jesus, cuja ajuda é o Espírito Santo e cujo foco é a Grande Comissão.

– Brian Houston 2014

A IGREJA QUE EU VEJO

A Igreja que eu vejo é uma Igreja de Influência. Uma Igreja tão grande em dimensão que a cidade e nação não pode ignorar. Uma Igreja em tamanho crescimento que os edifícios têm dificuldade em conter o acréscimo.

Eu vejo uma Igreja cujo Louvor e Adoração sincero toca o Céu e muda a Terra; Louvor que influencia a adoração dos povos pela terra, exaltando a Cristo com poderosas canções de fé e esperança.

Eu vejo uma Igreja cujos altares estão constantemente repletos de pecadores arrependidos respondendo ao chamado de Cristo à salvação.

Sim, a Igreja que eu vejo é tão dependente do Espirito Santo que nada a poderá parar ou levantar-se contra ela; uma Igreja onde as pessoas estão unidas, em oraçã o e cheias do Espirito Santo.

A Igreja que eu vejo tem uma mensagem tão clara que vidas são transformadas para sempre e potencial é cumprido pelo poder da Sua Palavra; uma mensagem enviada aos povos da terra através dos seus écrans de televisão.

Eu vejo uma igreja que se compadece de tal maneira que pessoas são resgatadas de situações impossíveis para um amistoso e amoroso circulo de esperança, onde respostas são encontradas e aceitação é dada.

Eu vejo um povo tão ciente no Reino que contam o custo e pagam qualquer preço para ver avivamento varrer esta terra.

TA Igreja que eu vejo é tão comprometida em levanter, treinar e capacitar uma geração de lideres que colham a colheita dos últimos dias que todos os seus ministérios sã
o consumidos por este objetivo.

Eu vejo uma Igreja cuja cabeça é Jesus, cuja ajuda é o Espirito Santo, e cujo foco é a Grande Comissão.

SIM, A IGREJA QUE EU VEJO PODE BEM SER A NOSSA IGREJA – HILLSONG CHURCH.

– Brian Houston 1993